Creation Worldview Ministries
 
  Upcoming Events Latest Articles
September 6
Evangel Temple Southwest
Middleburg, FL
September 9 - September 11
Grace Baptist Church
Pikeville, KY
Creation / Evolution Debate
I Lament That Science is No Longer the Search for…
Education / History
Is Islam a Scientifically Valid Religion?
More… More…
   
   
   
An Educational Missionary Organization


English
Russian
Portuguese

Articles

 


  Article Options
Back to ListBack to List
Print ArticlePrint Article

uma crena comum dos evolucionistas de que pequenas alteraes no material gentico (mutaes) acabar por produzir as supostas grandes mudanas necessrias para um organismo biolgico se transformar em um tipo diferente de organismo biolgico, que comumente chamado de macroevoluo. Essa crena no vlida. Cientificamente, uma mutao um erro de cpia de informaes previamente existente contido no DNA: uma mutao uma mudana estrutural no material hereditrio que faz com que a prole seja diferente de seus pais.

reconhecido que as leis da gentica so conservadoras, e no "criativas". A gentica apenas copia ou reorganiza a informao j existente e passa para a prxima gerao. Ao copiar informaes, voc tem apenas duas opes; voc s pode copiar perfeitamente ou imperfeitamente, voc no pode copiar algo "mais perfeitamente". As mutaes no constroem algo sobre os demais beneficamente. As mutaes no criam novos rgos; eles s modificam rgos e estruturas existentes. As mutaes perdem imensas informaes; eles no ganham ou adquirem e, portanto, as mutaes causam alteraes que so contrrias a filosofia evolutiva.

Como sequncia, a adio de excesso de energia indireta ir destruir o sistema j existente. Na verdade, voc nunca vai ter um aumento nas especificaes sobre o DNA para criar novos rgos sem a entrada de uma inteligncia maior.

As mutaes afetam e so afetadas por muitos genes e outras informaes inter gnicas agindo em combinao um com o outro. A adio da duplicao acidentadas informaes anteriormente existentes prejudicial para a qualquer organismo.

As mutaes produzem "microevoluo", no entanto, este termo muito melhor entendido como uma mera "adaptao lateral", o que apenas variao dentro de uma espcie, uma mudana matemtica de frequncia do gene dentro de um conjunto de genes. A mudana de frequncias do gene e a perda de informao no podem produzir macroevoluo.

Como o Dr. Roger Lewin comentou aps a conferncia na Universidade de Chicago em 1980, intitulada "Macroevoluo":

"A questo central da conferncia de Chicago era se os mecanismos subjacentes da microevoluo podem ser extrapolados para explicar os fenmenos da macroevoluo. ...correndo o risco ser violento com as posies de algumas das pessoas na reunio, a resposta pode ser dada de forma clara, No. "[nfase adicionada]

Dr. Roger Lewin, "A Teoria da Evoluo na Linha de Fogo", Cincias. Vol. 210, 21 de novembro de 1980. p. 883-887.

   
   
         
   
   
Trusted Web Site VeriSign Identity Protection